Skip to content

Contos de Natal – Especial Vamp Noel QSV – Last Sacrifice

26/12/2010

Bom…este conto escrito por nossa Vamp Escritora Ariane é Sobre Last Sacrifice, Livro 6 encerrando a Saga Vampire Academy…portanto preste atenção ao aviso abaixo e leia por sua conta e risco…heheheeh

 

 

– Uau.

É, Lissa estava certa. O Natal na Corte era esplêndido.

Eu e outros guardiões havíamos ajudado a enfeitar tudo nas semanas passadas, trocando turnos para continuar a ficar com nossos protegidos, mas quando Lissa disse para Dimitri que eu nunca havia visto a Corte no Natal, ele simplesmente me mandou de volta para o meu quarto e disse para eu cuidar da Lissa integralmente.

– Hãm? – eu havia perguntado.

– A graça vai se perder se você fizer parte dos bastidores.

Já que é seu primeiro ano, veja tudo quando estiver pronto.

É lógico que eu reclamei. Aquilo era uma ótima oportunidade para ficar passando o tempo com Dimitri, e eu estava adorando, mas tinha de admitir que não ficava longe dele por tanto tempo assim.

Eu poderia esperar. E com Dimitri, Lissa e depois Mikhail contra mim, eu desisti. Eddie também se afastou por isso.

Agora nós estávamos no pátio central do lugar, onde uma gigantesca árvore fora instalada. Lissa, Eddie e Dimitri estavam comigo, e eu estava absolutamente pasma. Se não bastasse a árvore ter uns 50 metros de altura, o que era muito, ela ainda tinha enfeites em absolutamente todos os galhos. Faixas vermelhas que pareciam ser de seda rodavam a árvore de cima à baixo, e grandes bolas vermelhas e azuis reluzentes estavam penduradas em todo lugar. Uma grande estrela muito brilhante estava no topo, e eu fiquei feliz por estar no horário vampírico, pois essa árvore tinha muito mais esplendor à noite.

Mas não era só isso. Todos os prédios estavam enfeitados, de forma harmoniosa e brilhante. E o palácio real… Uau. Além de todos os enfeites básicos, ele tinha, em volta da enorme porta principal, os símbolos dos elementos Moroi. Com brilhos de cores diferentes, estavam lá os símbolos da Água, do Ar, do Fogo e da Terra, todos criando um arco. E em cima da porta, com maior destaque, estava o símbolo do Elemento da atual rainha: Espírito.

Dimitri riu ao ver minha

expressão, seguido por Lissa. Eddie não riu porque ele estava tão pasmo quanto eu.

– Isso é… incrível – eu disse.

– Eu sei. – Dimitri disse suavemente, e colocou um braço em volta de meus ombros por um momento antes de se afastar.

Tudo parecia um conto de fadas. Eu já havia visto o interior do palácio, mas de alguma forma ele estava mais enfeitado agora, na véspera do Natal. Eddie se despediu de nós quando já estávamos lá dentro e eu e Dimitri nos separamos também, mas por pouco tempo.

Ele e Christian voltaram pouco tempo depois, e todos nós acompanhamos Lissa em seus deveres de Rainha ao longo do dia, que envolvia muitos apertos de mão e “Feliz Natal” para todos.

Quando tivemos a ceia, era meia-noite, ou meio-dia, para nós. Todos adoravam a idéia de esse ser o momento em que todos no mundo estavam unidos; nesse horário, famílias humanas do mundo inteiro estavam juntas, comendo e trocando presentes. Alquimistas estavam fazendo o mesmo. E ali, no palácio real, eu estava com todos que eu amava desfrutando de uma ceia magnífica.

Eu e Dimitri estávamos aos lados de Lissa e Christian, que se sentaram na ponta da enorme mesa, naturalmente.

Todo o resto da mesa estava lotado com membros da realeza, incluindo Jill ao meu lado e seus pais que, apesar de não serem de uma família real, tiveram livre acesso. Eles ficaram muito mais sossegados com o fato de sua filha estar no meio do mundo político Moroi depois que Lissa virou rainha. Confiavam nela, assim como todos.

No meio do banquete, das risadas e conversas altas, todos escutamos um estrondo. Eu e Dimitri nos levantamos de pronto, assim como todos os guardiões que haviam se sentado, e os que estavam em pé, ao longo do salão, também ficaram alertas. Alguns desses mesmos guardiões saíram do lugar para ver o que estava acontecendo do lado de fora. Eu e Dimitri encobríamos Lissa e Christian de tal forma que eles não conseguiam enxergar nada. Outros guardiões vieram para trás deles.

Um guardião voltou, mas seu rosto não estava muito tenso. Ele pediu para irmos todos para o lado de fora, e assim nós fomos, cercando todos os membros da realeza. E quando chegamos no lado de fora, o que vimos com certeza não era o que esperávamos.

Não era um ataque de Strigoi, ou um bando de vampiros selvagens que tinham ódio do sistema, nem uma Moroi descontrolada atirando em alguém. Era um espetáculo de fogo.

Um grupo de Moroi haviam se reunido ao lado da árvore no centro do pátio principal, e eles agora estavam criando um show de labaredas bem acima da árvore. Bolas de fogo explodiam, criando o barulho que havíamos ouvido, e todas se cruzavam, como se fosse uma dança coordenada; e era isso mesmo, de certo modo.

O fogo desceu consideravelmente em um momento, deixando os guardiões pavorosos e os Moroi assustados e deliciados. As bolas de fogo faziam malabarismos em volta da árvore, às vezes deixando de ser bolas para serem só lindas chamas que iluminavam a noite.

Christian se mexeu, mas Dimitri o impediu de sair de trás dele.

– Ah, qual é! – ele reclamou, e então se virou para Lissa. – Vossa Majestade, pode pedir para esse muro de músculos russo sair da minha frente?

– Peça novamente – Lissa respondeu sorrindo.

Christian sorriu maliciosamente e se aproximou dela, a envolvendo em um abraço.

– Lissa – ele falou baixo em seu ouvido, com certeza provocando-lhe arrepios. – Por favor? Eu quero participar. Juro que te compenso depois, com mais fogo do que o que você está vendo aqui.

Lissa se afastou dele, relutante e sorridente. Era a rainha; não poderia ser vista assim; mas seus olhos a traíam. Ela amava Christian o bastante para não se importar com o que o mundo inteiro falasse dela. Ou com o que eu falasse.

– E lá se vai mais uma cama queimada. Vocês não deviam levar tão a sério a parte do fogo, sabe?

– Cale a boca, Rose – Lissa disse. – Dimitri, deixe Christian ir.

Dimitri se afastou. Ele teria feito isso se Christian ordenasse, mas quis irritá-lo um pouco, eu sabia. Vi uma diversão ínfima em seus olhos que ele poderia esconder de todos, menos de mim.

Christian se juntou ao grupo de Moroi em volta da árvore, dizendo:

– Ei, deviam ter me chamado. Agora eu vou ter que entrar do meu jeito.

Alguns daqueles usuários de fogo pareceram assustados, provavelmente com medo de que Christian estragasse o show. Mas ele só o fez ficar melhor, e sua entrada foi mais do que qualquer um estivesse esperando.

Uma bola gigante de fogo explodiu bem acima da árvore, fazendo algumas pessoas gritarem. Lissa o olhou com desaprovação, mas ele sorriu para ela e piscou. Depois disso, ele fez sua bola de fogo crescer o máximo que conseguiu, e isso exigiu óbvio esforço de sua parte. Mas deve ter valido a pena, pois seu sorriso foi de orelha a orelha quando as pessoas começaram a bater palmas.

Lissa foi para a minha frente e eu segurei a mão de Dimitri ao meu lado, olhando para toda a luz criada lá em cima. Ele apertou minha mão em resposta e me puxou para perto dele, também apreciando o espetáculo.

– Feliz Natal, Roza – ele murmurou, me arrepiando. Tive que me controlar para não pular em cima dele naquele exato momento.

– Feliz Natal, Dimitri. – eu disse, e então me virei e o beijei, deixando-o surpreso. Essa foi mais uma escapada minha; eu acabara de deixar Lissa desprotegida; bem, figurativamente. Ela estava cercada de guardiões, nada poderia acontecer. Se pudesse, eu não teria feito aquilo. E Dimitri parecia saber disso, pois ele me beijou de volta por um bom tempo.

Eu estava inebriada com Dimitri, com seu beijo e seu abraço, e demorei para perceber que todo barulho havia sumido. E então sentimos que estávamos suando. Ok, eu sabia que aquilo havia sido quente, mas não era pra tanto. Eu e Dimitri nos afastamos, então, para ver um círculo de fogo que estava em nossa volta, rodando sem parar. Christian olhava com seu sorriso característico, e Lissa estava ao lado dele, genuinamente feliz. Dimitri tentou se afastar mais de mim, mas o círculo não o permitia.

– É Natal. – Lissa disse. – Aproveitem.

Eu não hesitei em seguir seu conselho.

Agarrei Dimitri novamente e o beijei com mais fervor, sendo retribuída timidamente a principio, mas depois com intensidade. Ouvimos algumas pessoas batendo palmas, outras suspirando exasperadas e outras rindo. Ouvimos mais bolas de fogo explodindo acima de nós, e de repente o círculo em nossa volta sumiu. Paramos o beijo e vimos que agora o círculo estava em volta de Lissa e de Christian, mas não era ele quem o criava. Eles estavam se beijando também, com muito amor. Mais para o lado, vimos Mikhail e Sonya fazerem o mesmo. E então vários casais começaram a se beijar; outros ficaram abraçados e alguns amigos se divertiam enquanto assistiam.

– Me pergunto o que Jesus iria achar disso tudo – eu disse.

Dimitri riu e me abraçou com ternura.

E assim, ocorreu o mais feliz Natal que eu poderia ter tido em toda minha vida. A única dor que eu senti foi por Adrian, por ele não estar ali, mas eu não podia fazer nada. Esse peso em meu coração nunca sumiria, mas eu ainda poderia ser feliz. E naquele momento, com Dimitri e com Lissa, vendo o evento luminoso dos Moroi, eu sabia que estava mais feliz do que poderia agüentar.

– É lindo – Dimitri disse, se referindo ao fogo.

– Sim, lindo – eu respondi, mas não estava falando da mesma coisa. Estava falando de todo o conjunto, de todo o sentimento e a paixão que o Natal pareceu trazer à todos nós. – Tão lindo que me dói.

Dimitri olhou para mim com

entendimento nos olhos e beijou minha testa. Eu só sorri.

 

3 Comentários leave one →
  1. 27/12/2010 14:28

    Ah @_@
    Espero que tenham gostado ;D

  2. jana permalink
    10/01/2011 23:55

    Que lindo *-*
    Foi a fic de natal mais fofa que eu ja li!
    Parabéns

Trackbacks

  1. Tweets that mention Contos de Natal – Especial Vamp Noel QSV – Last Sacrifice: -- Topsy.com

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: