Skip to content

The Darkest Pleasure [LOTU] – He likes it hard…

03/09/2010

Ele podia suportar qualquer dor… Exceto a idéia de perdê-la… Reyes é um homem possuído. Obrigado pelo demônioda dor ele é proibido de conhecer o prazer. Entretanto deseja uma mulher mortal, Danika Ford, mais que respirar, e fará o que for necessário para reclamá-la… mesmo tendo que desafiar aos deuses. Danika está fugindo. Durante meses evitou os senhores do Submundo, guerreiros imortais que não descansarão até que sua família e ela sejam destruídas. Mas seus sonhos se vêem atormentados por Reyes, o guerreiro cujo apaixonado contato não é capaz de esquecer. Entretanto, um futuro em comum poderia significar a morte de todos os seus entes queridos…

Reyes é o tipo de cara que eu quero pegar e cuidar e colocar num potinho.

Danika, booom…não é espetacular como a Anya [I Anya], mas tem la o seu valor.

Darkest Pleasure começa meio insosso [a meu ver] com o Reyes se torturando a torto e a direito [para aplacar o demônio da dor] e se culpando pelo que ele fez ao Aeron; Danika aprendendo a fugir e se virar sozinha, Aeron totalmente possuído pela sede de sangue, Paris deprimido pelo que aconteceu à Sienna e Anya, sarcástica como sempre.” —Oh, divertido! Posso esconder seu fígado desta vez?”

**Eu vou tentar escrever sobre o livro sem spoilers, mas pra quem não leu os dois primeiros, o texto abaixo pode ser ‘spoilerento’. Leia se quiser…


Danika é raptada pelos caçadores que acabam a convencendo de ajudá-los, alegando que os Lords são a causa de todas as mazelas do mundo; prometendo a ela que depois que os demônios fossem encarcerados novamente, o mundo seria um lugar melhor [Olá UTOPIA!]. Acaso eles não conhecem a maior e mais perigosa dádiva dada a um humano?!

Pois bem senhores caçadores, lhes apresento algo chamado LIVRE-ARBÍTRIO. Aconteça o que acontecer, a decisão de pecar ou não é nossa, e tudo de ruim ou bom que nos acontece, nada mais é que fruto de nossas ações [não culpa de algum demônio].

“—O mundo não poderá ser perfeito enquanto os humanos tenham liberdade de escolha. Nós não lhes obrigamos a fazer coisas más, as fazem por sua própria vontade. —disse ele com amargura— Mas não parece que os Caçadores estejam dispostos a meditar sobre essa verdade. É muito mais fácil jogar a culpa de todos seus problemas a algo que não entendem.”

Enquanto Reyes continua se torturando e Aeron enlouquecendo, Lucien é convocado a levar a alma de um caçador para arder no fogo do inferno, e descobre que eles tem a Danika em cativeiro. Nem preciso dizer que Reyes ficou maluco e foi ao seu resgate né?! O lance é que resgatar Danika significava leva-la para perto de Aeron [o cara que está enlouquecendo pq ainda não a matou].

Bom, homens são egoístas, e, sendo assim, Reyes foi atrás dela. Mas…queria Danika ser resgatada?! Estaria ela trabalhando para os caçadores agora!? Essas são perguntas que nem ela saberia responder.

Danika foi enganada pelos caçadores que encheram-na de ESPERANÇAS daquele mundo feliz e perfeito e impossível. Ela chegou à fortaleza dos Lords acreditando que era uma espiã, que estava fazendo isso por um bem maior, porque afinal, homens que do nada decidem seqüestrar e matar mulheres inocentes deveriam ser detidos [Alguém já sabe porque Cronos quer a Danika e sua família morta?!], mas – e ai vai a bomba – ao descobrir que Esperança é na verdade um DEMONIO [ “Esperança cria expectativas deliberadamente, faz que a pessoa acredite que pode ocorrer um milagre, e depois destrói essas expectativas e não deixa mais que cinzas e desespero.”], tudo o que Danika dava por certo a respeito dos Lords cai por terra.

Enquanto Paris descobre que Danika tem algo a ver com o próximo artefato que eles procuram, Danika se fixa em tentar encontrar sua família e em provar para Reyes que não é tão frágil nem um anjo como ele acha que ela é [sim, Reyes acha que contaminará Danika com sua ‘maldade’. Live with that Reyes: garotas não são tão frágeis and like it HARD sometimes.

Como Paris continua deprimido por causa da Sienna, ele resolve convocar Cronos e lhe pedir um favor. Cronos son of a Bitch como sempre, diz a Paris que é possível conceder o que ele pede, e que ele também pode liberar Aeron – seu amigo, o homem pelo qual ele mataria – de seu sofrimento, mas que Paris tem que escolher entre seu amigo e o seu pedido.

HAHAHAHA ME MATEM! Mas eu não vou contar as 3 coisas mais importantes do livro.

  1. O que Paris pede a Cronos?!
  2. Qual a escolha de Paris?!
  3. Por que Cronos quer Danika e sua família morta!?

Quer saber?! KEEEEEEEEEP READING!

O que me cativa é como a Gena consegue falar bem de coisas que se passam no nosso dia-a-dia – Sim, porque todo mundo conhece ou conheceu um fanático que acha que vai purificar o mundo e nem percebe que ELE faz mais merda que qualquer outro. E como ela usa trocadilhos sutis, mas de impacto, como por exemplo: em alguma hora do livro, Sabin diz que o falecido Lord da desconfiança era seu melhor amigo. Bom, lembro de minha vó dizendo que duvida e desconfiança andam sempre juntos /hun.

A história fica cada vez mais envolvente e intrigante, o proximo livro – Sabin aka Duvida – promete ser nada menos que bombástico.

See ya

:C

6 Comentários leave one →
  1. 04/09/2010 14:55

    Quando li o “pleasure” já fiqui todo ouriçado! Mas ai ali a review, e já vi que eh mais o estilo de IAN e MB… Pra ser sincero, não aguento mais livros de guerreiros, ashauishai’

    No meu coração agora só tem lugar pro Bones!!!!❤

  2. Guardiã da Meia Noite permalink
    04/09/2010 23:25

    Amiga…ADOREI a resenha!!!
    O Reyes é muito fofo…desde o inicio eu vi que ele tinha potencial…kkkkkkkkkkk…mesmo assim…meu coração ainda é do Sabin!!!! SEM SOMBRA DE DÚVIDAS….o Aeron ainda não me conquistou tb….mas vamos ver no que dá…heheheehhe

  3. 08/09/2010 21:23

    Tbm gostei muito da resenha. Guardiã, fiquei apaixonadinha pelo Sabin, mas quero o Paris…Eu devo ter algum disturbio…kkkkk…só quero os caras, digamos, pervertidos….

    • 09/09/2010 00:42

      kkkkkkkkkkkkkkkkkkk o Deia sabe que o Paris me faz sentir a mesma coisa que o Aeron [que eles serão bombasticos] to amando a Aeron, e ja sabia que ele me faria esquecer do Maddox…o Paris a cada pedacinho de historia que a gena deixa escapar no livros…quase me mata de curiosidade. Acho que o livro dele será OOOOOOOOOOOOOOOOOOOOW

  4. Beh vollrath permalink
    06/01/2011 00:07

    Adorei a resenha!!!!
    Gosto muito do Paris.
    Enfim eu queria saber se ja tem noticia de quem vai ser a procima historia e quando vai se lançado???

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: