Skip to content

“Ricos, bonitos e Imortais”, com vocês: Os BLUE BLOODS!!!

08/08/2010

Hello Girls!!!

E da série…

Eu li, e recomendo!

Nossa estréia será com os sexys, cools and richs… “BLUE BLOODS

Confesso que, como já disse outras vezes, comecei a ler porque achei as capas realmente, realmente lindas de morrer! Aí, como a pessoa aqui gosta de “colecionar” livros e o preço (não entendo porque os livros em português custam tão caro) era bom, comprei.

Comecei a ler meio de bobeira, por nada, e acabou que me surpreendi. Alguns dias depois estava eu (indo dormir com o galo cantando de novo), agarrada com os meus Blue Bloods.

Blue Bloods é uma série de livros da nascida filipina (sim, ela não é mexicana), Melissa de la Cruz. Apesar de ser uma série sobre vampiros, Blue Bloods é diferente de todos os livros vampirescos que eu havia lido antes. Confesso que já estava cansada de ler livros com a mesma história central (não que eu não goste do estilo), como acontece em Crepúsculo, Diários do Vampiro e a maioria dos outros. Elas diferem entre si em vários aspectos, sim, mas tem em comum o fato da paixão entre vampiros e humanos. Lendo a sinopse de Blue Bloods, Pensei se tratar de uma espécie de Gossip Girl (e não que eu não goste de Gossip Girls – eu amo) de vampiros, mas me enganei também.

Os Blue Bloods são vampiros imortais, com a diferença de que eles não vivem para sempre (e é aí que a parte legal começa) no mesmo corpo. Eles “reencarnam” em outro corpo, a partir de seu sangue, levando junto ás memórias de suas vidas passadas (que para mim é o melhor de tudo), em um ciclo infinito.

A personagem principal Schuyler Van Alen (que no começo me lembrou um pouco a Bella, mas só no começo meeeeeeeeesmo) não é popular e nem tem muitos amigos (bem clichê) com exceção de Oliver, seu melhor amigo (e outras cositas más) e Dylan (um projeto de Bad Boy incompreendido). Os populares (e fúteis, porém chiquééééééérrimos), como gêmeos Force, Jack e Mimi, e suas melhores amigas, Bliss e Aggie, ocupam seu tempo com bailes e festas de caridade, apesar de viverem seus dramas familiares…

Mas então numa noite aparentemente normal(e é aí que a história de verdade entra em cena), Aggie é encontrada morta, com todo seu sangue drenado até a última gota, e Jack revela á Schuyler que ela foi assassinada.
A partir desse acontecimento, Schuyler descobre que todas as mudanças que estão acontecendo com seu corpo e mente tem a ver com o fato de ela ser uma Blue Blood, assim como Jack, Mimi, Bliss e… Aggie. Mas se Aggie era uma Blue Blood(a pergunta que não quer calar), como ela pode ter morrido?

SILVER BLOOD tã nã na, SILVER BLOOD tã na na!! Gente, será que eu sou uma pessoa má só porque torço sempre pelo vilão??? OHMYGOD será que sou uma criatura dumal??? Será que eu sou a reencarnação de um anjo caído??? ÓTIMO!!!!!!! Muahmuahmuahahahahahahahah!!!! (eu sei, por favor não me internem).

Apesar da personagem principal ser a Schuyler, o livro é narrado do ponto de vista dos diferentes personagens, algo que achei muito legal (estilo “BDB”). Minha personagem favorita é a Mimi (adoro mulher com atitude e um Cavali!!! kkkkk), que é personificação do mal (outra razão para que eu goste dela) como todas as garotas populares. Sobre o casal principal Schuyler e Jack, ainda não tenho opinião formada (estou lendo Masquerade ainda, o que significa que “muita água vai passar debaixo daquela ponte!”), mas tenho que dizer que amei a cena do baile, em que os dois tem flash do passado enquanto dançam (tão cute!!!).

A história me conquistou principalmente por toda a parte histórica por trás dos Blue Bloods. Os Flashbacks que os Blue Bloods tem de suas vidas passadas, a história do Mayflower, o navio que trouxe os Blue Bloods expulsos da Europa para o novo mundo( adoro os textos que imitam noticias de jornais). Além disso, na história nenhum personagem é o que parece e todas são interligados de alguma forma que você nem imagina. O livro te surpreende cada vez mais!

Outra coisa super mara de Blue Bloods, é o contexto espiritual (Tudo bem que a gente adora um guerreiro “HOT”, mas esse amor recatado é tão romântico). Além disso, gosto de pensar neles como anjos. E essa coisa de ser imortal pelo espírito é muito legal (e menos fantasiosa, se é que é possível).
A escrita de Melissa é contagiante, nada tediosa, e a história toda é contada perfeitamente, mostrando detalhes quando necessário e suprimindo-os também quando necessário. Estava preocupada da série se focar muito na High School dos personagens, mas a Melissa não transformou o livro numa série de vampiros estudantes felizmente.

Uma série que já me conquistou, definitivamente.

E merece o selo!!!

Infelizmente, a série não tem previsão de lançamento aqui no Brasil, pelo que pesquisei.

Você pode dar uma conferida na sinopse (e nos livros) clicando lá no “O QUE AS VAMPIRAS LÊEM”

Por enquanto, temos traduzido até o 3º “REVELATIONS”, o 4º “VAN ALEN LEGACY” está sendo traduzido.

Acabou de ser lançado o “KEYS TO THE REPOSITORY” que é uma compilação de histórias e segredos no estilo “COMPÊNDIO”.

O 5º “MISGUIDED ANGEL” (que tem a capa mais legal até agora) vai sair em dez/10 nos EUA.

Agora se me dão licença… Vou correndo pro meu Jack… Rsrsrsrsrsrs.

Adendo da Debs: O que mais me intrigou na série foi o fato dos Blue Bloods serem anjos caídos, que meio que compraram a ideia de Lucifer mas se arrependeram dps; dai eles ficaram meio que no meio do caminho aguardando a oportunidade de voltar aos ceus! *.*

Por consequencia, o Silver Bloods são aqueles que seguiram Lucifer ate lá embaixo. E não, a série ta longe de ser voltada pro lado religioso. A Melissa tem um jeito UNICO de escrever! Leiam!!

5 Comentários leave one →
  1. 08/08/2010 20:31

    Pronto!!! AGORA ESTOU HISTÉRICA PRA LER!!

    Já haviam me indicado Blue Bloods…mas eu não tinha dado muita bola…mas agora….OMG!!! eu só queria q o dia tivesse umas 72 hs no mínimo pra eu poder ler tudo o que eu quero.

    Bia..O Review ficou MARA!!! Parabéns!!

  2. 08/08/2010 22:54

    Ai, ai, mais uma pessoa falando de Blue Bloods! Tenho que ler esta série. Estou esperando o lançamento da Editora Salamandra por aqui, mas tá difícil, acho que vou comprar em inglês mesmo.
    Aliás, é apenas um boato, mas tem gente dizendo que haverá alguma coisa de Blue Bloods na Bienal! Vou conferir lá só pra tirar a dúvida.

    Adorei a resenha e o carimbo de qualidade!

    Bjs.

  3. Bia Kishi permalink
    08/08/2010 23:28

    Thanks “S” vc que é mara!!! E leia sim que vale á pena!!!

    Diana, deve ter mesmo, porque teve lançamento á pouco tempo e tem outro em no fim do ano!!!

  4. 09/08/2010 01:25

    Eu comecei a ler esse livro hoje junto com um outro ,chamado Ninghtworld,mas eu estou adorando Blue Bloods até onde li!
    Adoro mesmo!

  5. 25/11/2010 22:05

    meu deus eu simplesmente AMEI blue bloods, no momento to tentando achar tradução para o quarto livro ¬¬ se alguem tiver alguma coisa já traduzida… por favor me avisem *-*

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: